|| SUSTENTABILIDADE
Blog

SUSTENTABILIDADE

SUSTENTABILIDADE

Por Mônica Padilha

Este é um tema muito importante, que deve ser abordado de forma aprofundada e multidisciplinar. É complicado afirmar que uma construção é sustentável, podemos afirmar que ela tem como objetivo ser sustentável, ou, que ela busca a sustentabilidade. Para alcançar esse objetivo em uma construção algumas perguntas precisam ser realizadas. Por exemplo, partindo da afirmativa: A casa é sustentável porque ela foi construída utilizando-se madeira de demolição. Uma primeira pergunta a seria: Essa madeira é proveniente de um local próximo, ou foi trazida de um local distante? Se foi trazida de um local distante, qual o meio de transporte utilizado, qual o combustível utilizado nesse transporte? E os resíduos da construção? Qual o itinerário desse resíduo, qual a destinação? Seria um aterro autorizado, um bota fora, um centro de reciclagem?

Como se percebe são muitas as análises que envolvem a busca pela sustentabilidade e hoje ao falar-se em construção sustentável diversos temas estão diretamente relacionados a esse assunto. Telhado Verde, Captação de água de chuva, Jardim Vertical, Eficiência Energética, além da tecnologia da construção, ou da construção industrializada.

Dentro da eficiência energética temos muitos campos importantes, um deles é a etiquetagem de edifícios. Pode comparar-se com aquela etiqueta que vem em eletrodomésticos, que mostram a eficiência na economia de energia, o mesmo tem sido aplicado aos edifícios. Dentro desse parâmetro analisam-se as envoltórias, o tipo de revestimento, de luminosidade, ventilação, se valoriza-se a ventilação natural ou se necessita de artificial. Há também no quesito economia de energia o uso de placas solares fotovoltaicas, que captam energia solar e transformam em eletricidade e a utilização de painéis solares para aquecimento da água, que reduzem a demanda energética por chuveiros e duchas elétricas.

A tecnologia da construção e a construção industrializada são muito associadas à sustentabilidade, um exemplo disso é a estrutura metálica, o light steel frame e até mesmo os premoldados de concreto. O ponto chave está nos “encaixes”, são peças que chegam prontas, não são moldadas “in locu”, no canteiro de obras, com isso diminui a quantidade de entulho a ser retirado da obra. Como os outros itens precisa ser verificada a procedência dos materiais e etapas de fabricação e transporte e a reutilização e reciclagem de resíduos provenientes da captação.

Mas em arquitetura muitas vezes utilizamos o termo construções sustentáveis ou edifícios, casas sustentáveis. Que incluem itens dentre os citados, como telhado verde, captação de água de chuva, eficiência energética… dentre outros. Mas sabemos que é uma aproximação, é uma construção que busca esse objetivo da sustentabilidade na maior quantidade de itens possível para aquele projeto.

Esse é o caso da residência em Lagoa Santa, que intitulamos “Casa Sustentável” 

É um projeto residencial que inclui Estrutura em Steel Frame, Madeira de Demolição, Pergolado, Utilização de Materiais Locais, Painel Solar (para aquecimento de água e para captar energia solar e transformar em energia elétrica) Jardim Vertical, Telhado Verde, Captação de Água de Chuva, Carregamento de Celular e Notebook sem necessidade de fio em bancadas, piso permeável e drenante.

Confira também o vídeo em que esse assunto sustentabilidade é abordado comparando-se com a questão de economia em itens que não compensa economizar, então gera-se uma falsa noção de economia. O melhor conceito de economia está associado a eficiência e algo eficiente já envolve baixo custo, mas de forma responsável e planejada!

Por Mônica Mendes Padilha – Arquiteta e Urbanista